Lista Oficial de Preços de Escravos do Estado Islâmico (ISIS)

yezidi-girls

Fonte: Shocking: ISIS Official ‘Slave’ Price List Shows Yazidi, Christian Girls Aged ‘1 to 9′ Being Sold for $172 | Pamela Geller, Atlas Shrugs

Tabela ISIS slaves

Chocante: Lista Oficial de Preços de Escravos do Estado Islâmico (ISIS) mostra meninas Yazidis e Cristãs de 1 a 9 anos sendo vendidas por 172 dólares.

Na lista de preços, a mais nova é uma menina de um ano de idade, enquanto que a mais velha chega a ter 50 anos. O preço para as meninas de 1 a 9 anos é mais elevado, seguido pelas meninas Yazidis e Cristãs de 10 a 20 anos, ao preço de 130 dólares.

As mulheres de 20 e 30 anos estavam sendo vendidas por 86 dólares; de 30 a 40 anos estavam sendo vendidas por 75 dólares e mulheres de 40 a 50 anos foram listadas à venda por 43 dólares.

O grupo terrorista Estado Islâmico (ISIS) controla  o mercado de escravos em Mosul, Iraque e Raqqa na Síria; Chegaram ao ponto de justificar o rapto de mulheres para servirem como escravas sexuais citando a teologia islâmica.

O presidente americano Barack Obama disse que o Estado islâmico é um “problema administrável“. Mas, mercados de escravos sequestrados não-muçulmanos são…  administráveis?

yazidi-mulheres1

Fonte: Johnlee Varghese

Shocking: ISIS Official ‘Slave’ Price List Shows Yazidi, Christian Girls Aged ‘1 to 9’ Being Sold for $172 http:

Ativistas trabalhando ‘secretamente’ no Iraque vazaram uma “lista de preços” do mercado de escravo do ISIS, onde os homens podem comprar mulheres Yazidis e Cristãs como “escravas sexuais”.

De acordo com um relatório publicado pela Iraqi News,  o ISIS impôs um “controle de preços” sobre a venda de mulheres e despojos de guerra, incluindo gado, já que o mercado ultimamente vem sofrendo uma desaceleração.

O ISIS também avisou que quem desobedecesse às ordens “seria executado.”

“Não se esqueçam que escravizar as famílias dos kuffar – dos infiéis – e ter suas mulheres como concubinas é um aspecto solidamente estabelecido pela Sharia, ou lei islâmica”, disse o grupo numa reportagem da revista on-line, informou a CNN.

Na lista de preços traduzida do árabe, o ISIS informa que: “Em nome de Alá, o mais bondoso e misericordioso. Recebemos a notícia de que a demanda nos mercados por mulheres e gado diminuiu acentuadamente e afetou o orçamento do Estado islâmico, bem como o financiamento dos Mujaheddin (guerreiros) no campo de batalha. Fizemos algumas mudanças. Abaixo estão os preços das mulheres Yazidis e Cristãs”.

Depois de listar os preços das mulheres, o ISIS observou que “os consumidores estão autorizados a comprar apenas três escravos por vez, exceto os da Turquia, da Síria e do Golfo.”

A lista de preços supostamente é datada de 16 de outubro de 2014. A autenticidade da lista que tem sido amplamente compartilhada nas mídias sociais não pôde ser verificada de forma independente.

A revelação chegou apenas alguns dias depois que um vídeo chocante mostrou os terroristas do  Estado Islâmico (ISIS) barganhando sobre as mulheres Yazidis no “mercado de escravos”.

O clipe mostra como lutadores ISIS estavam negociando os preços de meninas com base na cor dos olhos.  Aquelas com olhos azuis e verdes são as mais valorizadas.

Anúncios

Uma opinião sobre “Lista Oficial de Preços de Escravos do Estado Islâmico (ISIS)”

Os comentários estão desativados.