Daqui a pouco irão dizer que o Mossad está por trás do FHC

Foto: John Boehner com Benjamin Netanyahu no Congresso (Reuters)

Comentário sobre o artigo intitulado “Netanyahu faz campanha eleitoral perigosa nos EUA” publicado hoje (27/02/2015) no setor OPINIÃO do Jornal OGLOBO.

Por Sebastian Cazeiro.

Daqui a pouco irão dizer que o Mossad está por trás do FHC

Neste momento…

– Cristãos estão sendo brutalmente perseguidos e muitos assassinados pelo terrorismo islâmico que por sua vez tem suas raízes nos ensinamentos do Profeta Maomé (Muhammad);

– Judeus sofrem uma perseguição implacável ao redor do mundo pelo islã;

– A Europa respira os últimos anos de liberdade por causa do Islã;

– O presidente dos EUA Barack Obama, um idiota muçulmano de esquerda, sem caráter e sem determinação, se encarrega de liquidar com a cultura Judaico-Cristã;

– A América Latina está ameaçada pelo comunismo (Lula-Foro de São Paulo e seus aliados sul-americanos) e pelo islamismo em ascensão principalmente no Brasil.

Não por coincidência, o jornal OGLOBO publicou hoje um artigo sutil e nefasto enfraquecendo a postura corretíssima do Primeiro Ministro de Israel Benjamim Netanyahu, (um grande homem e um grande líder) perante a opinião pública brasileira.

É bom lembrar que se não fosse a Cultura Judaico-Cristã o mundo já estaria escravizado há muito tempo pelo Islã. As Cruzadas salvaram esse planeta por um longo período e os Judeus estão dando continuidade a esse esforço tremendo para conter a inconsciência islâmica paramilitar totalitária que antagoniza o mundo todo nesse exato momento. O Islã visa o califado global há 14 séculos.

O mundo sabe que Barack Obama é muçulmano e que anda, age e pensa como tal. Obama está destruindo os Estados Unidos, e isso não é novidade. A administração Obama, como exemplo, empregou recentemente um muçulmano fortemente ligado a Irmandade Muçulmana para o cargo de enviado especial e coordenador para as Comunicações Estratégicas contra o terrorismo. Para mais informações leia esse artigo: Obama Appoints Terrorist Supporter to Head Up New Counterterrorism Messaging Center | Pamela Geller, Atlas Shrugs http://buff.ly/1FEaYOC

Tendo dito, o artigo em questão, segue a linha de que Netanyahu está atrapalhando as negociações do Obama com o Irã sobre o programa nuclear de forma desastrada visando à reeleição que ocorrerá em breve. Em seguida, o artigo menciona que Netanyahu recorrerá ao discurso do medo para angariar votos e complementa com uma “pérola”: O Mossad (serviço de inteligência Israelense) “revelou que o premier mentiu em 2012, quando denunciou a ONU, de forma dramática, que o Irã alcançaria tecnologia para produzir a bomba atômica no período de uma ano. No relatório, o Mossad afirma que o Irã “não estava desenvolvendo a atividade necessária para produzir armas””.

É razoável que em tempos de guerra, especialmente contra o Irã, que o alarme toque antes que seja tarde demais. O nome disso é common sense. O premier Netanyahu está certíssimo.

Entretanto, sugiro que o jornal publique o relatório do Mossad principalmente porque o velho assassino Fidel Castro mencionou que o Mossad está por trás do Estado Islâmico (ISIS) e comparou a NATO a NAZI SS. Pura sandice, uma amostra de como a realidade pode ser facilmente distorcida. Ouvi recentemente também que o Mossad está por trás também dos ataques aos soldados franceses que estão protegendo colégios e sinagogas na França. Daqui a pouco irão dizer que o Mossad está por trás do FHC. 

Entretanto, mesmo que seja verdade não implica que Netanyahu esteja errando indo diretamente falar ao Congresso Americano. Diante das circunstancias (no caso a administração Obama) qualquer líder autentico faria o mesmo. Netanyahu foi convidado pelo seu amigo pessoal, presidente da Câmara dos Representantes e Republicano John Boehner. Quem não faria o mesmo para salvar a sua família? Não me diga que você iria dialogar como a Dilma, com o Estado Islâmico. Isso soa como a velha frase: “Acuse os adversários do que você faz; chame-os do que você é!” Lênin. Leia: Fidel Castro says Mossad behind Islamic State http://buff.ly/1GyYIjC

Ora bolas, é público que o Irã quer a bomba atômica para acabar com Israel. Isso é dito em vídeos e só não assiste quem não quer. É óbvio também que Obama tem feito absolutamente nada ou quase nada a favor dos Cristãos massacrados pelo ISIS. Ao contrário, as medidas tomadas pela administração Obama vem prejudicando os Cristãos de forma covarde, desumana, cruel e criminosa.

Corpos de crianças e adultos Cristãos têm sido vistos cortados ao meio e com as cabeças separadas.

O jornal OGLOBO precisa se lembrar disso de vez em quando, afinal o seu público é constituído de Cristãos, Judeus, Católicos, Budistas, Espíritas, Umbandistas, Evangélicos, Ateus etc. 
que perfazem milhões e milhões de leitores e telespectadores pelo Brasil afora.

Portanto, como podem enfraquecer um amigo (Israel) em prol de um inimigo (Islã)? Sim, eu sei, não estou incluindo os muçulmanos pacíficos que já perceberam que não é a religião e sim o pensamento islâmico enraizado nos ensinamentos de Muhammad (o profeta Maomé) que está antagonizando o mundo. Eu sei. Ok?  Leia: El-Sisi: O “Pensamento” Islâmico está “Antagonizando o Mundo Todo”. http://buff.ly/1LQf60f

O artigo ainda menciona também que Netanyahu “ameaça descarrilhar meses de complexas negociações com Teerã”.

É fato que quando as negociações estavam em andamento o Irã debochava e comemorava vitória, menosprezando publicamente os Estados Unidos e os seus representantes. Isso prova que esse acordo não sairá e quem pensa assim está desinformado ou é um desinformante. O Irã está empurrando com a barriga, ganhando tempo, enquanto Obama ilude a opinião pública. Obama é um traidor. Isto está ficando cada vez mais claro na opinião pública americana.

A meu ver, o que Netanyahu está fazendo nada mais é do que defendendo o seu país, pois está claro que Obama é um inimigo de Israel. Portanto, o melhor a fazer é ir direto ao Congresso através do convite de John Boehner, passando por cima desse palhaço sem caráter e sem determinação. E não pense que essa opinião é minha, é consenso entre os maiores críticos e especialistas em Islã e Oriente médio. Leia: Obama Ratchets Up War on Netanyahu as Nuclear-Themed Presentation in Iran Culminates with Missile Destroying Israel | Pamela Geller, Atlas Shrugs http://buff.ly/1LSYkiM

O jornal OGLOBO faria um bem à nação brasileira se ao menos promovesse um debate sério e firme com o intuito de interromper o processo de islamização no Brasil começando pela proibição do véu (hijab) utilizado pelas mulheres muçulmanas  em documentos oficiais como passaporte, identidade, carteira de motorista no Brasil. Este é o primeiro grande erro cometido pela legislação brasileira com relação ao Islã e que precisa ser reparado. O país não vai segurar o que vem a reboque como o ensino islâmico nas escolas brasileiras, isenção de visto para diplomatas iranianos etc.

Com relação ao uso do véu (hijab) em documentos oficiais brasileiros, a nação brasileira precisa dar um prazo (sugiro 90 dias) para que a comunidade islâmica no Brasil abandone esse procedimento como um sinal de amizade, igualdade e adaptação às leis do Brasil e de adequação social. O povo islâmico é bem vindo, sem dúvida alguma, desde que abandonem a ideia de que exigências especiais devam ser atendidas pela nação brasileira.

Caso contrário estará confirmado que o posicionamento islâmico no Brasil visa à submissão do país as leis da Sharia e suas consequências sociais, ou seja, o califado global ou o totalitarismo islâmico. Leia: A Imigração Muçulmana no Mundo http://buff.ly/1BnhCd9

A Austrália está correndo atrás do tempo com relação ao Islã. Assista a esse vídeo e você vai aprender o que deveria ter sido feito para proteger um país do avanço islâmico global incluindo a imigração. Assista ao vídeo (infelizmente não legendado):

Fonte: Australia: Muslims outraged at PM’s “aggressive rhetoric against Muslims” by Robert Spencer/JIHAD WATCH

Todos os aspectos do islamismo já estão mapeados e não há novidade. A violência não trará bons resultados ao Islã no Brasil. A submissão de Judeus e Cristãos e demais infiéis em território nacional jamais acontecerá.

“Muçulmanos devem ter, nos países de maioria Cristã, OS MESMOS direitos que os países Muçulmanos concedem aos Cristãos. Nem mais, nem menos. Se você acredita que o Islã é mais humano, prove-o, dando aos Cristãos a liberdade, a ajuda e os direitos que eles lhe dão.” Olavo de Carvalho.

O momento é de apoio aos Judeus e Cristãos diante da brutalidade do terror islâmico e principalmente pelo fato de que a América Latina agora é a bola da vez dito pelos próprios muçulmanos. Leia: América Latina na mira da inconsciência islâmica global. http://buff.ly/1FEGiwM

O Brasil não será chicoteado 
pela inconsciência islâmica. 
Aqueles que não se posicionarem 
a favor da proteção do povo brasileiro 
serão rechaçados. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios