Liga Jovem Muçulmana (Reino Unido) Declara Jihad ao Estado Islâmico (ISIS)

Fonte / Source: Muslim Youth League UK declares jihad against the Islamic State por Robert Spencer – JIHAD WATCH

Liga Jovem Muçulmana (Reino Unido) Declara Jihad ao Estado Islâmico (ISIS)

Rehan-Ahmed-Raza-300x174“Nossos esforços visam impedir a progressão do recrutamento pelo Estado Islâmico (ISIS) na Grã-Bretanha e a defesa da comunidade muçulmana, que sente que a sua religião foi sequestrada.” “Parar o recrutamento do Estado Islâmico (ISIS) no Ocidente é exatamente o que nós ainda não vimos pelos muçulmanos que condenam o Estado Islâmico, então tudo isso é para o bem.”

Mas como assim, “uma declaração de sete pontos chamando o assassinato de qualquer pessoa de não-islâmico“? Seria interessante ver como a Liga da Juventude Muçulmana do Reino Unido explica as seguintes passagens originais do Alcorão:

Alcorão (2:191-193) – “Matai-os onde quer se os encontreis e expulsai-os de onde vos expulsaram, porque a perseguição é mais grave do que o homicídio. Não os combatais nas cercanias da Mesquita Sagrada, a menos que vos ataquem. Mas, se ali vos combaterem, matai-os. Tal será o castigo dos incrédulos. Porém, se desistirem, sabei que Deus é Indulgente, Misericordiosíssimo. E combatei-os até terminar a perseguição e prevalecer a religião de Deus. Porém, se desistirem, não haverá mais hostilidades, senão contra os iníquos”

Alcorão (4:89) – “Anseiam (os hipócritas) que renegueis, como renegaram eles, para que sejais todos iguais (como eles). Não tomeis a nenhum deles por confidente, até que tenham migrado pela causa de Deus (o que é proibido). Porém, se se rebelarem, capturai-os então, matai-os, onde quer que os acheis, e não tomeis a nenhum deles por confidente nem por socorredor.”

Alcorão (5:33) – “O castigo, para aqueles que lutam contra Deus e contra o Seu Mensageiro e semeiam a corrupção na terra, é que sejam mortos, ou crucificados, ou lhes seja decepada a mão e o pé opostos, ou banidos. Tal será, para eles, um aviltamento nesse mundo e, no outro, sofrerão um severo castigo.”

Alcorão (8:12) – “E de quando o teu Senhor revelou aos anjos: Estou convosco; firmeza, pois, aos fiéis! Logo infundirei o terror nos corações dos incrédulos; decapitai-os e decepai-lhes os dedos! .”

Alcorão (9:05) – “Mas quando os meses sagrados houverem transcorrido, matai os idólatras, onde quer que os acheis; capturai-os, acossai-os e espreitai-os; porém, caso se arrependam, observem a oração e paguem o zakat, abri-lhes o caminho. Sabei que Deus é Indulgente, Misericordiosíssimo.”

Alcorão (9:29) – “Combatei aqueles que não crêem em Deus e no Dia do Juízo Final, nem abstêm do que Deus e Seu Mensageiro proibiram, e nem professam a verdadeira religião daqueles que receberam o Livro, até que, submissos, paguem o Jizya”

Alcorão (9:111) – “Deus cobrará dos fiéis o sacrifício de seus bens e pessoas, em troca do Paraíso. Combaterão pela causa de Deus, matarão e serão mortos. É uma promessa infalível, que está registrada na Tora, no Evangelho e no Alcorão. E quem é mais fiel à sua promessa do que Deus? Regozijai-vos, pois, a troca que haveis feito com Ele. Tal é o magnífico benefício”.

Alcorão (47:3-4) – “E quando vos enfrentardes com os incrédulos, (em batalha), golpeai-lhes os pescoços, até que os tenhais dominado, e tomai (os sobreviventes) como prisioneiros. Libertai-os, então, por generosidade ou mediante resgate, quando a guerra tiver terminado. Tal é a ordem. E se Deus quisesse, Ele mesmo ter-Se-ia livrado deles; porém, (facultou-vos a guerra) para que vos provásseis mutuamente. Quanto àqueles que foram mortos pela causa de Deus, Ele jamais desmerecerá as suas obras.”

Versos do Alcorão retirados  do blog (Based on Fair Use):  A VERDADE DO ISLÃ: INTOLERÂNCIA RELIGIOSA É CRIME. ONDE ESTÁ NO ISLÃ A PAZ, O AMOR E A LIBERDADE?

“Jovens muçulmanos Britânicos declararam jihad (guerra) ao ISIS e outros terroristas que ´sequestram` o Islã”, por Lizzie Dearden, The Independent, 31 de Março de 2015:

Um grupo de jovens muçulmanos Britânicos declarou a sua própria “jihad” contra o ISIS e a todos os outros grupos terroristas.

A Liga da Juventude Muçulmana do Reino Unido anunciou uma guerra santa islâmica ideológica contra o Estado Islâmico numa conferência em Glasgow, no domingo, dizendo que os militantes “não têm ligação com o Islã ou com a comunidade muçulmana”.

Causa preocupação o fato do recrutamento pelo ISIS estar em ascensão no Reino Unido, tendo como alvos adolescentes e meninos através de publicidade sangrenta em vídeos e contas de mídia social ostentando a vida sob o “califado”.

Shaykh Ahmed Raza Rehan, presidente da Liga da Juventude Muçulmana do Reino Unido, disse: “Nossos esforços visam impedir a progressão do recrutamento pelo Estado Islâmico (ISIS) na Grã-Bretanha e a defesa da comunidade muçulmana, que sente que a sua religião foi sequestrada.”

Ele anunciou uma declaração de sete pontos chamando o assassinato de qualquer pessoa de não-islâmico, seja qual for sua fé, condenando o “desvio” dos extremistas dos ensinamentos do profeta Muhammad (Maomé) e do Alcorão.

“O surgimento dos terroristas, que poderiam usar o nome do Islã para justificar suas atividades atrozes, foi profetizado pelo profeta Maomé. E declarou que eles estão fora do âmbito do Islã,” a declaração continua.

“Desafiamos o Estado Islâmico (ISIS), e grupos semelhantes e seus partidários ideologicamente e intelectualmente”.

A Liga também anunciou que rejeita a “rotulagem” islamofóbica de muçulmanos como extremistas ou terroristas por parte de políticos, da mídia e do público.

“Nós pedimos aos Muçulmanos de todas as esferas da vida, independentemente da escola de pensamento a que pertencem, que permanecerem unidos contra os extremistas que estão sequestrando os verdadeiros ensinamentos do Islã”, e acrescentou.

“Apelamos aos estudiosos e líderes comunitários para levantar uma voz unida e firme contra o extremismo”.

Enquanto um número desconhecido de homens britânicos, mulheres e adolescentes se juntaram ao ISIS no Iraque ou na Síria, as atrocidades contra civis e o assassinato de reféns estrangeiros tem provocado ampla condenação.

A Liga Jovem Muçulmana e outros grupos estão lutando contra a propaganda online e através de um trabalho engajado nas escolas e nas comunidades…

Tradução; Sebastian Cazeiro

Anúncios

Uma opinião sobre “Liga Jovem Muçulmana (Reino Unido) Declara Jihad ao Estado Islâmico (ISIS)”

Os comentários estão desativados.