O Efeito Borboleta: Obama, Alterações Climáticas, e a Guerra do Islã Contra o Mundo

Photo/Cover: US President Barack Obama, June 16, 2010 at a hotel in Washington, MANDEL NGAN/AFP/Getty Images)

Fonte/Source: The Butterfly Effect: Obama, Climate Change, and Islam’s War against the World | Raymond Ibrahim

O Efeito Borboleta: 
Obama, Alterações Climáticas e a Guerra do Islã 
Contra o Mundo

01 de Junho de 2015

Por Raymond Ibrahim

Se até mesmo as asas das borboletas têm peso e causalidade compartilhada, então o que dizer sobre os ensinamentos e o exemplo de um profeta do deserto, do Século VII?

Por Ralph H. Sidway, um Cristão Ortodoxo, pesquisador, escritor, e autor de Facing Islam [Enfrentado o Islã]: O que a Igreja Antiga tem a dizer sobre a Religião de Muhammad (Maomé). Sidway é editor do blog Facing Islam

SoundofThunderCover-2ivhlhrO Presidente Obama, durante o seu recente discurso de cerimônia na Coast Guard Academy Commencement dos Estados Unidos, mais uma vez revelou a sua profunda visão sobre uma miríade de vetores que estão moldando a inquietação global e o caos.  No topo da lista, das forças primitivas que nos ameaçam – alto o suficiente para ser destacado pelo Presidente da nação mais poderosa do planeta – está “a mudança climática”, a ruína da humanidade. Para que não haja qualquer dúvida sobre a gravidade da situação, ou de sua autoridade em tais assuntos, Barack Obama prega a sua missão com uma grande “Eu estou” afirmação:

“Eu estou aqui para dizer que as mudanças climáticas constituem uma séria ameaça à segurança global, um risco imediato à nossa segurança nacional, e não se engane, irá afetar o modo de como os nossos militares defendem o nosso país.”

A Administração Obama está consistente e inflexível sobre este tema. Em Fevereiro desse ano, o Vice-Presidente Biden disse aos estudantes universitários em Lowa que o “aquecimento global é a maior ameaça, acima de qualquer coisa, em todos os sentidos,” e o Secretário de Estado John Kerry tem igualmente batido no mesmo tambor. (Não importando o fato de que os dados mostram que estamos numa “pausa global de aquecimento” por quase duas décadas.)

Curiosamente, a ênfase da administração sobre a ameaça de “mudança climática” demonstra encontrar um ponto de equilíbrio próximo a insistência de que o Califado do Estado Islâmico (ISIS) “não é islâmico” e não representa de qualquer forma uma ameaça. Podemos estar tentados a pensar que a “guerra contra as alterações climáticas” está sendo usada como uma ferramenta para desviar a atenção para bem longe da guerra do Islã contra nós.

Mas, vamos admitir que, pelo bem do argumento, (e em deferência a uma pequena história do grande Ray Bradbury, “Um Som de Trovão“), que há alguma validade no corolário da teoria do caos, “O Efeito Borboleta”; o qual afirma que os eventos de grande consequência podem ser postos em movimento por eventos muito menores, separados por grandes escalas de tempo e distância. “Muda uma coisa – Muda tudo”, diz a tag de filme de Ashton Kutcher, de 2004, com mesmo nome.

Então, de acordo com a narrativa do Obama, mudanças climáticas caóticas estão contribuindo para a seca, inundações, pobreza, desigualdade e uma série de outros efeitos, como gatilhos gerando um violento extremismo mundial, como os grupos sociais mais desprivilegiados, brigando por recursos escassos – ou algo parecido.

Mas não importa que encubram com palavras bonitas e falsas análises, a narrativa “Culpe o clima” de Obama não é apenas incorreta, é francamente enganosa.

Vamos então explorar “O Efeito Borboleta” e fazer um rápido passeio ao início do Século VII através da Máquina do Tempo de Ray Bradbury. Vamos acionar os mostradores para logo após Muhammad ter feito a sua hijra (migração) para Medina (Ano 1, no Calendário Islâmico). Vamos ouvir o profeta e observar suas ações. Mas tome cuidado para não pisar fora do caminho.

……

A primeira coisa que poderíamos ouvir seriam as recitações do primeiro período Mecano. Versos do Alcorão como estes:

50:45 “Nós sabemos bem, tudo quanto dizem, e tu (O Muhammad) não és um déspota sobre eles (para forçá-los a Crença). Mas adverte pelo Alcorão, àquele que teme a Minha Ameaça.”

109: 1 “Diga: ‘Al-Kafirun (descrentes)!’”

109: 2. “Não adoro o que adoras”

109: 3 “Nem vós adorais o que adoro”

109: 4 “E jamais adorarei o que adoras”

109: 5 “E você não vai adorar o que adoro”

109: 6 “Para você a sua religião, e para mim a minha religião (Islã)

Isso soa bastante razoável. Muhammad não era um tirano – o Alcorão assim nos diz! O Islã é uma religião tipo “viva e deixe viver”. Sim, isso é o que os especialistas e o presidente dizem o sobre o Islã.

Poderíamos até ir ao redor para ouvir Muhammad compartilhar estes versos, os primeiros do período Medina:

2: 256. “Não há compulsão na religião. Na verdade, o caminho correto tornou-se distinto do caminho errado. Quem não acredita em Taghut {idolatria} e acredita em Allah, agarrou o punho mais confiável que nunca quebrará. E Allah é Oniouvinte, Sapientíssimo.

Lembro-me daqueles experts em Islã nos dizendo isso: Sim! Aqui está a religião de paz em seus anos de formação… Como é maravilhoso!

Mas vamos seguir o caminho, continuar assistindo e ouvindo.

Espera… O que é isso? Soa totalmente contraditório com o que ouvimos após a nossa primeira chegada através da Maquina do Tempo:

9:5 “Então, quando os meses sagrados passarem, matai os Mushrikun (descrentes), onde quer que os encontreis, e apanhai-os e sediai-os, e ficai à sua espreita, onde quer que estejam.

8:39 “E combata-os até que não haja mais Fitnah (descrença e politeísmo: ou seja, adoração a outros além de Allah) e a religião (culto) será toda Unicamente por Allah…

08:12 “Lançarei o terror nos corações dos incrédulos, portanto decapitai-os e decepai-lhes os dedos!

9:29 “Lute contra aqueles que não acreditam em Allah ou no Último Dia, ou não aceitam a proibição que tem sido imposta por Allah e seu Mensageiro Muhammad ou não reconheça a religião da verdade, entre eles o Povo do Livro (Judeus e Cristãos); até eles pagarem a Jizya (imposto) através da submissão desejada e sentirem-se subjugados.”

9:33 “Foi Ele [Allah] que enviou o seu Mensageiro [Maomé] com a orientação e com a verdadeira religião [o Islã], para prevalecer sobre todas as outras religiões,  mesmo que o Mushrikun (politeístas, pagãos, idólatras, descrentes da Unicidade de Allah) odeie  (isso).

O Quê? Esse não é o Islã que me foi dito por Obama e pelos peritos em tudo! Brigar, matar e dominar, supostamente por comandos literais de Allah (Deus)? Ora, isso significaria que as palavras são eternas, imutáveis ​​…

Mas, permaneça no caminho… Vamos continuar assistindo, isto não é apenas sobre as palavras. Certamente elas foram retiradas fora do contexto…

Espera… O que é isso? Ataques a caravanas? Uma batalha em Badr? Mais ataques a diferentes tribos? Batalha após batalha… E novas revelações que subscrevem o presente, matando os subjugados, engano e traição, capturando escravas sexuais e mais espólios!

Vimos outras tribos exiladas por Muhammad, mas agora, depois de sua vitória em Medina, dificilmente podemos acreditar nos nossos olhos! Muhammad ordenando a decapitação de centenas de homens de Bani Quraiza! Os Muçulmanos aplaudindo e decapitando grandes grupos. O próprio Muhammad no comando, servindo de exemplo! Todo aquele sangue e carnificina… Inacreditável! São como o Estado Islâmico (ISIS) vezes vinte!

……

Voltando ao nosso próprio tempo, olhamos ao redor para o Estado Islâmico (ISIS), Boko Haram, Al Qaeda, Talibã. Vemos as decapitações, a tomada de reféns, a escravidão, o espólio. Vemos milhares de Muçulmanos da Europa e da América do Norte, Austrália e Ásia Central, reunindo-se para se juntar ao Estado Islâmico (ISIS). Vemos a perseguição aos não-Muçulmanos na Indonésia (que o presidente Obama nos disse ser moderno e moderado!), Malásia (outro país Islâmico moderado!), Egito, Turquia…

E ouvimos e lemos sobre eles justificando o que estão fazendo usando o próprio Alcorão…

Ora, é exatamente isso que vimos e ouvimos sendo ordenado na nossa viagem de volta aos dias de Muhammad. Isso é exatamente o que Maomé fez e pregou! O Estado Islâmico é Islâmico!

……

Não importa quantas vezes verificamos nossas botas, não há nenhuma borboleta morta, esmagada na trilha, nenhuma culpa alternativa para ser colocada sobre alguma mudança no cronograma, nem sobre as forças da natureza ou até mesmo “no aquecimento global causado pelo homem.”

As causas do “extremismo violento” – Infelizmente! – estão agora bem claras para nós depois que vimos com nossos próprios olhos. Foi o próprio Muhammad (Maomé), que pôs tudo isso em movimento, há quatorze séculos. Foi o próprio exemplo de Muhammad e as palavras que ele alegou serem de Allah (Deus) que os Muçulmanos devotos hoje estão seguindo.

Claro, não há nenhuma viagem no tempo, no sentido literal da palavra. Mas nossa jornada hipotética ao Século VII em busca do Efeito Borboleta foi baseada inteiramente em cima do Alcorão e da vida de Muhammad como compiladas pelos seus seguidores e, como estabelecido por seu mais antigo biógrafo, Ibn Ishaq. Os próprios textos reverenciados do Islã fornecem a Máquina do Tempo, a lente para o passado, que nos revela o profeta e como ele era.

Desculpe Sr. Obama, você quase nos enganou, mas não mais. Claro, talvez o clima possa afetar as sociedades humanas, mas agora vimos com os nossos próprios olhos a verdadeira causa da guerra do Islã contra o mundo.

E agora sabemos que é Muhammad (Maomé) e o Alcorão.

E o som que ouvimos ao nosso redor…  Um som de trovão.


Tradução: Sebastian Cazeiro

Anúncios

2 opiniões sobre “O Efeito Borboleta: Obama, Alterações Climáticas, e a Guerra do Islã Contra o Mundo”

  1. (JÓ.21.22) ALGUÉM ENSINARIA CIÊNCIA A DEUS…?

    SINAIS PROFETICOS
    A DEGENERAÇÃO DO GÊNERO HUMANO – O CLAMOR DA TERRA – O AQUECIMENTO GLOBAL – A CRISE HIDRIA – A ADVERTÊNCIA DIVINA – E OUTROS SINAIS…

    (JR.33.2) Assim diz o Senhor que faz estas cousas, o Senhor que as forma para as estabelecer (SENHOR é o seu nome) (GN.5.1) No dia em que Deus criou o Homem à sua semelhança; (GN.6.12) viu Deus a terra, e eis que estava corrompida, porque todo ser vivente havia corrompido o seu caminho na terra: (SL.82.5) Eles nada sabem, e nem entendem; (IS.9.16) porque os guias deste povo são enganadores, e os que por eles são dirigidos, são devorados; (SL.106.33) pois foram rebeldes ao Espírito de Deus, e Moisés falou irrefletidamente: (MT.15.14) Deixai-os; são cegos, guias de cegos: (JR.6.14) Curam superficialmente a ferida do meu povo, dizendo: Paz! Paz, quando não há paz: (OS.4.2) O que prevalece é só perjurar, mentir, matar, furtar e adulterar, e há arrombamentos e homicídios sobre homicídios:
    (IS.59.15) O Senhor viu isso, e desaprovou o não haver juízo; (EC.28.7) porque a corrupção e a morte estão a cair sobre aqueles que quebrantam os mandamentos do Senhor; (RM.10.30) porquanto, desconhecendo a Justiça de Deus, e procurando estabelecer a sua própria, não se sujeitaram a que vem de Deus: (JB.19.37) Eles verão Aquele a quem traspassaram: (JR.50.37) Ai deles! Pois é chegado o dia do seu castigo, (JÓ.19.25) porque eu sei que o meu redentor vive, e por fim se levantará sobre a terra:
    (RM.9.’) Digo a verdade em Cristo, não minto, testemunhando comigo, no Espírito Santo, a minha própria consciência; (2SML.22.23) porque todos os seus juízos me estão presentes, e dos seus estatutos não me desviei: (SL.94.9) O que fez o ouvido será que não ouve? E o que formou os olhos, será que não enxerga?
    (MT.8.10) Ouvindo isso, admirou-se Jesus e disse aos que lhe seguiam: (GN.22.1) Eis-me aqui: (AG.2.5) O meu Espírito habita no meio de vós, (LE.2.21) porque há Homem cujo trabalho é feito com sabedoria, ciência e destreza; (IS.28.26) pois o seu Deus assim o instrui devidamente e o ensina:(JB.8.17) Também na vossa lei está escrito que o testemunho de duas pessoas é valido: (LV.17.12) Portanto, tenho dito aos Filhos de Israel:
    (IS.24.5) Na verdade, a terra está contaminada por causa dos seus moradores; porquanto transgridem as leis, violam os estatutos, e quebram a aliança eterna: (SL.82.5) Eles nada sabem nem entendem, vagueiam em trevas, vacilam todos os fundamentos da terra; (SL.78.22) porque não creram em Deus, nem confiaram na sua salvação: (1CO.11.30) Eis a razão por que há entre vós muitos fracos e doentes, e não poucos os que dormem:
    (GL.1.9) Assim como já dissemos, agora repito: (JR.5.21) Ouvi agora isso, ó povo insensato e sem entendimento, que tendes olhos e não vedes, tendes ouvidos e não ouvis; (TS.4.3) pois a vontade de Deus é esta: A vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição: (MT.5.21) Ouvistes o que foi dito aos antigos? (1CO.6.18) Fugi da impureza: Qualquer pecado que uma pessoa cometer é fora do corpo, mas aquele que pratica a imoralidade, peca contra o próprio corpo: (MT.26.41) Vigiai e orai para que não entreis em tentação; (GL.5.17) porque a carne milita contra o espírito, e o espírito contra a carne, porque são opostos entre si; para que não façais o que, porventura seja do vosso querer:
    (1CO.6.9/10) Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: Nem impuros, nem idolatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas, nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores, herdarão o reino de Deus: (AP.22.12) Eis que venho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada um segundo as suas obras:
    (IS.16.14) Agora, porém, o Senhor fala e diz: (RM.8.11) A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e perversão dos homens que detém a verdade pela mentira: (IS.13.11) Castigarei o mundo por causa da sua maldade, os perversos por causa da sua iniquidade, farei cessar a arrogância dos atrevidos, e abaterei a soberba dos violentos; (1TM.4.2) pela hipocrisia dos que falam mentiras, e que tem a consciência cauterizada: (1RS.9.9) porque deixaram o Senhor seu Deus, que tirou da terra do Egito seus pais. E se apegaram a outros deuses e os serviram:
    (JÓ.2114) E são estes os homens que disseram a Deus: Retira-te de nós! Não desejamos conhecer os teus caminhos: (JÓ.21.15) Que é o Todo-Poderoso para que o sirvamos? (IS.29.15) Quem nos vê? Quem nos conhece? (2CO.7.22) Por isso trouxe o Senhor sobre eles todo esse mal:
    (RM.1.22/)Inculcando-se por sábios se tornaram loucos, (RM.1.25) pois eles mudaram a verdade de Deus pela mentira, servindo e adorando a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente:
    (RM.1.26) Por causa disto os entregou Deus à paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de sua relação intima, por outro contrário à natureza: Semelhantemente os homens também, deixando o contato natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo em si mesmos a merecida punição do seu erro:
    (RM.1.28) E por haverem desprezado o conhecimento de Deus, o próprio Deus os entregou a uma disposição mental reprovável para praticarem cousas inconvenientes; cheios de toda injustiça, malicia, avareza e maldade; possuídos de inveja, homicídio, contenda, dolo e malignidade, e sendo difamadores, caluniadores, aborrecidos de Deus, insolentes, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais:
    (IS.29.15) Ai dos que escondem profundamente o seu propósito do Senhor, as suas obras fazem às escuras, e dizem: Quem nos vê? Quem nos conhece? (MT.23.24) Guias cegos que coais o mosquito e engolis o camelo! (EC.10.32) Quem justificará a alma que peca contra o seu próprio corpo?
    (OS.7.13.) Ai deles! Eu os remiria, mas eles falaram mentiras contra mim: (IS.1.4) Ai desta nação pecaminosa, povo carregado de iniquidade, raça de malignos, filhos corruptos; abandonaram o Senhor, blasfemaram do Santo de Israel:
    (LC.8.25) Onde está a vossa fé? (JR.14.22) Acaso, haverá entre os ídolos dos gentios, algum que faça chover? Ou podem os céus dar chuvas de si mesmos? (IS.19.21) Onde estão os vossos sábios? (JB.15.22) Se Eu não viera nem houvesse lhes falado, pecado não teriam, mas agora não há desculpa do seu pecado: (IS.1.10) Ouvi a palavra do Senhor, vós, príncipes de Sodoma; prestai ouvidos à lei do Senhor, vós, povo de Gomorra; (JR.4.27) pois assim diz o Senhor:
    (MC.12.24) Não provém o vosso erro de não conhecerdes as Escrituras, nem o poder de Deus? (ÊX.16.28) Até quando recusareis a guardar os meus mandamentos e as minhas leis? (AT.3.19) Arrependei-vos, pois e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados; (1PE.4.3) porque basta o tempo decorrido para terdes executado a vontade dos gentios, tendo andado em dissoluções, concupiscências, borracheiras, orgias, bebedices e em detestáveis idolatrias:
    (MC.12.27) Laborais em grande erro: (LV.18.27/28) Não suceda que a terra vos vomite havendo vós a contaminado, como vomitou o povo que nela estava antes de vós; porque todas estas abominações fizeram os homens desta terra que nela estavam antes de vós, e a terra se contaminou:
    (IS.55.11) Assim será a palavra que sair da minha boca: Não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz, e prosperará naquilo para o que a designei: (NM.24.4) Palavra Daquele que ouve os ditos de Deus, o que tem a visão do Todo-Poderoso e prosta-se, porém, de olhos abertos:(EZ.12.11) Eu sou o vosso sinal:

    Arnaldo ou Israel

    Curtir

Os comentários estão desativados.