Papa: “Nenhuma religião está imune ao seu próprio fundamentalismo”, e o fundamentalismo “mata, destrói e difama”

Fonte/Source: Pope: “No religion is immune from its own fundamentalism,” and fundamentalists “kill, destroy and defame”

Papa: “Nenhuma religião está imune ao seu próprio fundamentalismo”, e o fundamentalismo “mata, destrói e difama”

Por Robert Spencer – Jihad Watch

14 de Setembro de 2015

Em que lugar, hoje em dia, Cristãos fundamentalistas “mata, destrói e difama”? Em que lugar existe multidões de Cristãos fundamentalistas linchando Muçulmanos inocentes por perceber “blasfêmia,” transformando mesquitas em igrejas, e forçando Muçulmanos a se submeterem a eles para pagar uma taxa (imposto de proteção- jizya) especial?

Não existe uma escalada de perseguição Muçulmana por Cristãos, o que torna essa equivalência moral na melhor das hipóteses, desastrosamente fora de foco. Na melhor das hipóteses. Será que os Cristãos que sofrem não merecem nenhuma consideração? Qualquer discussão realista sobre o que aconteceu e o que está acontecendo?

Pope

“O Papa diz que não há religião imune ao fundamentalismo”, ANSA, 14 de Setembro de 2015 (agradecimentos a Insubria):

(ANSA) – Cidade do Vaticano, 14 de setembro – O Papa Francisco advertiu nessa segunda-feira que nenhuma religião pode se considerar segura de elementos fundamentalistas. “Nenhuma religião está imune ao seu próprio fundamentalismo, toda confissão tem um grupo de fundamentalistas, cuja função é destruir em nome de uma ideia, e não a realidade,” Disse Francisco a Buenos Aires FM Mileniium 106.7, uma estação de rádio protestante Argentina. “Fundamentalistas distanciam Deus da companhia de Seu povo, transformam ele numa ideologia. Em nome dessa ideologia, eles matam, destroem e difamam”.


Tradução: Sebastian Cazeiro

Anúncios