Sauditas Fecham Loja de Urina de Camelo: Proprietário Vendia Sua Própria Urina

Fonte/Source: Saudis shut down camel urine shop: owner was selling his own urine

Sauditas Fecham Loja de Urina de Camelo: Proprietário Vendia Sua Própria Urina

Por Robert Spencer

22 de dezembro de 2015

Alguns Hadiths (coletânea de palavras e atos de Maomé que complementa o Alcorão) retratam Maomé/Muhammad divulgando os benefícios medicinais ao beber urina de camelo. Os quais também descrevem Maomé, em plenitude de compaixão, e misericordiosamente glorioso: “O clima de Medina não atendia algumas pessoas, por isso, o Profeta ordenou-lhes que seguissem o seu pastor, ou seja, os camelos, e que bebessem do leite e da urina do mesmo (como medicamento). Então, seguiram o pastor, ou seja, os camelos, e beberam do leite e da urina até que seus corpos ficassem saudáveis. Em seguida, mataram o pastor e afugentaram os camelos. Quando a notícia chegou ao Profeta, o próprio ordenou que algumas pessoas os perseguissem. Quando capturados e levados a Maomé, o próprio cortou-lhes as mãos e os pés e seus olhos foram marcados com peças de ferro em brasa.” (Bukhari 9.76.5686)

E assim, beber urina de camelo é apenas uma questão de obedecer Maomé (Da mesma forma como o Alcorão exorta repetidamente os Muçulmanos a fazerem: Veja os versos 3:32; 3: 132; 4:13; 4:59; 4:69; 4:80 ; 5:92; 8: 1; 8:20; 8:46; 9:71; 24:47; 24:51; 24:52; 24:54; 24:56; 33:33; 47:33; 49 : 14; 58:13; 64:12), quanto a travar a jihad e subjugar os infiéis (veja Alcorão 9:29). Mas o astuto proprietário da loja tentou cortar os custos usando seu próprio produto, e agora está recebendo o castigo

URINA DE CAMELO
URINA DE CAMELO

“Autoridades Sauditas fecharam uma loja tradicional de bebidas com urina de camelo… depois de descobrirem que o proprietário estava enchendo as garrafas com os seus próprios resíduos corporais”, de Julian Robinson, MailOnline, 22/12/2015 (Agradecimentos a Robert):

Autoridades Sauditas fecharam uma loja tradicional de bebidas com urina de camelo… Após descobrirem que o proprietário estava enchendo as garrafas com os seus próprios resíduos corporais

Inspetores de Saúde autuaram um fornecedor da cidade portuária de Al Qunfudhah, no sudoeste da Arábia Saudita, e confiscaram mais de 70 garrafas cheias.

Acredita-se que a prática de beber urina de camelo misturado com leite remonta há séculos, enquanto alguns insistem que trazem benefícios à saúde.

Mas o negócio do lojista foi fechado indefinidamente em meio a alegações de que tinha vendido sua própria urina para clientes desprevenidos.

Credita-se a bebida tradicional feita de urina de camelo a um texto do Hadith.


Tradução: Sebastian Cazeiro

Anúncios