Rush Limbaugh sobre Obama: “Por que ele resolveu se tornar um Cristão?”

Fonte/Source:  Rush Limbaugh on Obama: “Why did he choose to become a Christian?”

Rush Limbaugh sobre Obama: “Por que ele resolveu se tornar um Cristão?”

By Robert Spencer – Jihad Watch

Por sua própria conta, Obama se tornou Cristão no início de 1990 na Igreja de Jeremiah Wright, após um período de busca espiritual e desenraizamento. Mas por quê? Rush Limbaugh está certo: ele tem sido marcadamente crítico do Cristianismo e tem repetidamente e efusivamente elogiado o Islã. Então, afinal de contas, por que se tornou Cristão?

Isso sem contar com a suspeita generalizada de que Obama é ou era um Muçulmano, baseada tanto por suas declarações como por suas políticas como Presidente, e também no fato de que seu pai e padrasto eram Muçulmanos; e que diz em sua primeira autobiografia que ficou em apuros quando criança, por fazer careta na classe de Alcorão, das quais crianças Cristãs não podiam participar. Independente da resposta se é ou não Muçulmano, a questão que Rush suscita é intrigante — se nunca foi um deles, e adora o Islã tanto assim, por que não se converteu ao Islamismo? Foi apenas para obter ganhos políticos?

obama_turban

“Estou só fazendo uma pergunta”: Rush Limbaugh revela o que “Sempre Quis Saber sobre Obama” por Oliver Darcy, The Blaze, 04 de Fevereiro de 2016:

Rush Limbaugh, um Conservador que comanda um Talk Show, (que tem uma audiência gigantesca) perguntou na quinta-feira em voz alta em seu programa de rádio,  porque o presidente Barack Obama optou por se tornar Cristão.

Limbaugh, fazendo referência a recente viagem do presidente a uma Mesquita em Baltimore nesta semana, argumentou que Obama está “constantemente falando do Islã“.

O presidente Obama está rotineiramente defendendo, falando, promovendo“, afirmou Limbaugh , de acordo com a transcrição online divulgada no seu site oficial.

Ele fala como o Islã é fantástico o tempo todo, um dos mais belos sons que ele já ouviu falar é o chamado matinal de orações num país Islâmico“, o apresentador de rádio acrescentou. “Diz que é a mais pacífica, a religião mais generosa lá fora, que a chamada de oração a da Mesquita é um dos mais belos sons do mundo. E, ao mesmo tempo, que ele está lá, olha o que ele diz sobre os Cristãos. Ele diz que é um deles. Veja, ele fala deles como bitter clingers (pessoas que não são progressivas, socialistas ou liberais) e que seguram suas armas quando estão nervosos“.

Limbaugh então revelou sua pergunta.

Minha pergunta é, considerando tudo isso, por que ele escolheu se tornar um Cristão? Eu sempre me perguntei isso”, disse à sua audiência. “Ele é como um defensor e promotor do Islã, e, por outro lado, ele e seu partido estão constantemente denegrindo os Cristãos. Não me importa qual é o problema, quer se trate de armas, se é casamento gay, qualquer questão cultural ou social, ou os comentários bitter clingers. Eu sempre me perguntei sobre isso.”…

Nota: O significado do termo bitter clinger, conforme definido em uma conferência de imprensa pública, # 44: são aquelas pessoas que não são progressivas, socialistas ou liberais.

copy-bitter-clinger-rectangle-copy-960-x-288
Credit: teapartystickerstore.com/

Tradução: Sebastian Cazeiro

 

Anúncios