A CONSTANTE NO EMBATE ENTRE O ISLÃ E O CRISTIANISMO

A CONSTANTE NO EMBATE ENTRE O ISLÃ E O CRISTIANISMO

Por Tião Cazeiro — Muhammad e os Sufis

6 de Fevereiro de 2017

Bergoglio e o Sheikh Ahmed al-Tayeb, Imã da Mesquita de Al-Azhar (a maior autoridade Islâmica Sunita do Egito).

A constante no embate entre o Islã e o Cristianismo é a ideia de que ambos cometeram barbaridades no passado, e portanto ambos são absolutamente fanáticos — principalmente por ambos mencionarem “o céu e o inferno”. E isto, mais uma vez, foi mencionado hoje, por um leitor, através de um artigo que publiquei.

Primeiro: Já se sabe hoje em dia, via tecnologia, que Muhammad pinçou as ideias Judaico-Cristãs e as adaptou à sua narrativa profética. ISTO É FATO.

Segundo: A violência no Islã é PRESCRITA, mandatória, enquanto no Cristianismo não. Absolutamente não. A violência, a qual muitos se referem, não se equipara aos mandamentos (prescritos) de Muhammad contra os não-Muçulmanos.

Por conseguinte, não há Cristãos decapitando crianças, cozinhando suas cabeças com arroz e obrigando as mães a comê-las, como acontece hoje em dia, via Estado Islâmico (ISIS).

O ISIS não representa o Islã? Saiba que o “Califa” do Estado Islâmico (ISIS) Abu Bakr al-Baghdadi, é doutorado em Estudos Islâmicos.

Terceiro: As ideias estapafúrdias com relação ao passado — “as conquistas da Igreja Cristã” — é um tabu destruído. Assista ao vídeo do Dr. Bill Warner no final deste texto. (Vídeo legendado em Português — faça o ajuste, se necessário, no próprio vídeo via “settings”)

Quarto:  “Aqueles que falam muito são culpados; Aqueles que falam pouco são culpados. Nesse mundo todos são culpados. Tente não culpar.” Shakyamuni Buddha — Uma visão compartilhada também pela Umbanda Espírita Cristã.

O que a Esquerda/Comunista  — que anda de braços dados com Islã e seus satélites — estão fazendo contra o Cristianismo e o Judaísmo é um crime contra a Humanidade.  O Islã Político é incompatível com o Ocidente.

A inconsciência tem um preço, e serão cobrados.

Dr. Warner fundou o Centro para o Estudo do Islã Político (CSPI) e é Diretor. Produziu uma dúzia de livros, incluindo um Alcorão, uma biografia de Maomé e um resumo das tradições políticas de Maomé. Ele também desenvolveu o primeiro curso de auto-aprendizagem sobre o Islã Político.

Dr. Warner é palestrante, nacional e internacionalmente, sobre Doutrina Política Islâmica.

Anúncios