Erdogan: A Decisão Da UE Sobre A Proibição Do Véu/Hijab Dá Início Ao “Choque Entre O Islã E O Cristianismo”

Fonte/Source: Erdogan: EU ruling on headscarf bans starts “clash between Islam and Christianity”


Por Tião Cazeiro

Em vária ocasiões, este blog entre outros, comentamos sobre o significado do hijab e os problemas que o mesmo acarreta aos países que permitem o uso indiscriminado e a sua inserção por exemplo, em documentos oficiais como a CNH, Passaporte etc.

Afinal o Islã é o povo das necessidades especiais, não é mesmo? Existe uma razão nisso, chama-se Sharia, a lei do Islã.

Recomento estes tres artigos:

  1. Opressão Chique: Nike Oferece “Pro Hijab” Atlético Para Muçulmanas
  2. O Hijab e a Sharia
  3. Lei Islâmica (Sharia) — Link do excelente blog “Lei Islâmica em Ação

O artigo que segue, apresenta o hijab/véu como o stopim de um conflito que pode ter consequências inimagináveis, ou seja, o “Choque Entre o Islã e o Cristianismo“, onde milhares de pessoas poderão ser massacradas por conta da maldita ignorância.

Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas. Se você se conhece, mas não conhece o inimigo, para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota. Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, perderá todas as batalhas…” Sun Tzu


Erdogan: A Decisão Da UE Sobre A Proibição Do Véu/Hijab Dá Início Ao “Choque Entre O Islã E O Cristianismo”

Por CHRISTINE WILLIAMS

18 de Março de 2017

Erdogan ainda está furioso com “o cancelamento das manifestações de seus partidários em toda a Europa“. Ele nunca permitirá desafios à sua própria autoridade em seu próprio país, mas é claro que ele não tem respeito pela Europa. Até porque a Europa não tem respeito por si mesma, e aparentemente não tem interesse em defender sua própria cultura e proteger seu próprio povo.

O ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu, também declarou que “as guerras santas começarão em breve” na Europa, apesar da derrota Geert Wilders na Holanda. Esta declaração ameaçadora não deve ser surpresa. A Islamização da Turquia vem se acelerando num ritmo alarmante em todos os níveis, da liderança aos cidadãos.

A Europa, por outro lado, acolheu passivamente a jihad pela imigração (hijrah) em seus países, tudo em nome da diversidade e do multiculturalismo. Quanto mais “acolhedor” o Ocidente é, mais encorajados os supremacistas Islâmicos e os jihadistas se tornam. Seu objetivo é a conquista da Casa da Guerra (dar al-harb), não a coexistência pacífica. Os Europeus são os culpados pelo atrevimento dos líderes supremacistas da Turquia.

“Recep Tayyip Erdogan: A Decisão Da UE Sobre A Proibição Do Véu/Hijab Dá Início Ao “Choque Entre O Islã E O Cristianismo”, Lizzie Dearden, Independent, 16 de março de 2017:

Recep Tayyip Erdogan acusou a Europa de dar início ao “choque” entre Cristianismo e Islamismo com uma decisão que permite aos empregadores proibirem o véu/hijab como parte de restrições mais amplas sobre símbolos religiosos e políticos.

Falando horas depois que seu ministro das Relações Exteriores alertou que as “guerras santas começarão em breve“, o Presidente Turco lançou um novo ataque em meio a uma disputa em curso sobre o cancelamento dos comícios de seus adeptos em toda a Europa.

Disse que a decisão do Tribunal Europeu de Justiça que confirmou a demissão de duas mulheres Muçulmanas que se recusaram a remover seus hijabs deu início ao “choque entre o crescente e a cruz” na terminologia alusiva às Cruzadas.

A EU é uma vergonha. É o fim de seus princípios, valores e justiça Europeus,” Disse Erdogan aos que o apoiam em Sakarya. “Eles começaram um choque entre a cruz e o crescente, não há outra explicação.”

Num discurso combativo, Erdogan atingiu líderes Europeus na Holanda e na Alemanha, depois que os ministros Turcos foram impedidos de realizar eventos destinados a obter apoio antes do referendo constitucional.

O Presidente Turco disse que o Primeiro-Ministro Holandês Mark Rutte, que derrotou o líder de extrema direita Geert Wilders nas eleições gerais de Quarta-feira, perdeu a amizade de Ankara ao proibir a campanha política Turca no país.

A disputa se intensificou desde que uma manifestação a ser realizada pelo ministro das Relações Exteriores Turco, Mevlut Cavusoglu, em Roterdã, foi cancelada no Sábado.

 

As autoridades Holandesas retiraram a permissão para que o avião do ministro das Relações Exteriores aterrissasse quando prometeu visitar o país de qualquer maneira, provocando uma série de sanções tit-for-tat (olho por olho).

Erdogan e ministros proeminentes chamaram o governo Holandês de “fascistas” e “nazistas“, enquanto líderes da UE chamaram as acusações de ofensivas e “desapegadas da realidade“.

A disputa provocou protestos na Turquia e em toda a Europa. Um manifestante escalou o consulado Holandês em Istambul e substituiu a bandeira nacional pela bandeira Turca durante manifestações no Domingo, enquanto os manifestantes Turcos foram fotografados apunhalando laranjas e mostrando cartazes dizendo “Holanda Facista“.

Ancara também interrompeu conversas de alto nível com funcionários do governo Holandês na Segunda-feira e fechou seu espaço aéreo aos diplomatas do país, enquanto repetia ameaças para fechar um acordo com a UE no ano passado para retardar o fluxo de refugiados para a Grécia.

Os aliados do presidente Turco visam mais de um milhão de eleitores Turcos que vivem na Europa, que serão elegíveis para votar no dia 16 de Abril.

O referendo pode ver o sistema parlamentar da Turquia substituído por uma presidência executiva usando as emendas constitucionais, os quais vêm alarmado os grupos de direitos humanos…

Anúncios

Deixe um Comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s